“Como eu ia carregar a televisão se estava armado?”, debocha acusado de fazer gerente ajudar em assalto

Gabriel Rocha Pelúcio, de 20 anos, foi preso nesta quinta-feira (4), acusado de participar de um assalto a um restaurante com mais três comparsas no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. Gabriel, riu ao afirmar que fez o gerente ajudar a carregar a televisão do estabelecimento. “Eu falei pra eles carregarem e colocarem no carro. Como eu ia carregar a televisão se estava armado?”, debocha o acusado.

Ícaro Soares Adorno, 23 anos, também foi preso acusado de participar do assalto. Segundo a polícia, mesmo negando o crime, Ícaro foi reconhecido pelas vítimas. Os bandidos assaltaram o estabelecimento com dois revólveres e uma pistola. Os quatro homens invadiram o local e levaram bebidas, um televisor além de diversos pertences dos clientes.

As câmeras de segurança flagraram a ação de bandidos, que invadiram e assaltaram o bar e renderam os funcionários na entrada do estabelecimento. Em menos de três minutos, os bandidos saem carregando garrafas de vinho e outros objetos. Além disso, eles obrigam dois funcionários a carregarem uma televisão de LED. Ainda de acordo com o acusado, o roubo combinado com os comparsas na praia era para pagar dívidas. A polícia ainda busca pelos outros dois homens que participaram do assalto.

(R7 Bahia)

Leia também Outras notícias