Vitória empata sem gols com o Bahia e é bicampeão baiano no Barradão

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Vitória e Bahia decidiram neste domingo (7), em partida realizada no Barradão, o título do Campeonato Baiano 2017. O rubro-negro tinha a vantagem no confronto e buscava pelo menos um empate para ser campeão, enquanto o tricolor tinha que vencer se quisesse levar a taça para a casa. Com a casa cheia, as duas equipes acabaram empatando em 0 a 0, consagrando o Leão da Barra como bicampeão baiano.

O primeiro tempo começou com boa chance do Bahia de largar na frente. Edigar Junio levou a melhor em cima do zagueiro Alan Costa e saiu de cara para o gol do goleiro Fernando Miguel, mas acabou mandando a bola para fora. Em resposta, o atacante David arriscou de longe, mas o goleiro Jean fez a defesa sem dificuldade. O melhor momento rubro-negro saiu em cobrança de escanteio. Cleiton Xavier cobrou escanteio tentando o gol olímpico, obrigado Jean a fazer outra boa defesa. Na sobra, Bruno Ramires acabou mandando por cima. O Bahia teve boas chances de abrir o placar na etapa inicial. Em bola lançada na área, a zaga afastou mal e Allione chutou no gol, mas a bola acabou indo em cima do atacante Edigar Junio.

No segundo tempo, o time do Bahia veio sem Lucas Fonseca, que tinha cartão amarelo. No lugar dele, o técnico Guto Ferreira apostou em Jackson. Aos oito minutos, o time tricolor chegou em boa chance com Zé Rafael em chute de fora da área. A bola bateu no pé do zagueiro Kanu e quase engana o goleiro Fernando Miguel, tirando tinta da trave. No lance seguinte, Paulinho recebeu de Alan Costa dentro da área, limpou o lance e mandou o chute para boa defesa do goleiro Jean. Em bom contra-ataque, o atacante David teve a chance de tirar o zero do placar, mas acabou facilitando para a zaga.

O técnico Wesley Carvalho colocou o atacante Rafaelson, cria das categorias de base do rubro-negro, no lugar de André Lima, enquanto Guto colocava Gustavo em campo substituindo Allione. As alterações deram sangue novo ao jogo, que se aproximava dos minutos finais. O time rubro-negro pressionou na área tricolor, mas o gol acabou não saindo. O resultado garantiu o título baiano ao Leão da Barra, bicampeão baiano.

 

Metro1

Leia também Outras notícias