‘Toma lá, dá cá em Brasília é quase sexo explícito’, diz ex-ministro

Ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Celso Amorim criticou, nesta sexta-feira (28), a troca de favores entre o Palácio do Planalto e o Congresso.

Para ele, só uma reforma política profunda pode coibir a prática. “Nunca vi uma coisa assim tão escancarada.

É quase sexo explícito”, afirmou, o ex-ministro do governo Dilma, em entrevista à BBC Brasil, Amorim ainda fez duras críticas à política externa do governo Temer e do atual ministro Aloysio Nunes (PSDB). “Nos melhores momentos, (a política externa) é passiva. Nos piores, é desastrada”, disse.

(Bahia.Ba)

Leia também Outras notícias